Daki Semiárido Vivo

FAROL AGROECOLÓGICO “LA ARBOLEDA”: ESPAÇO EDUCATIVO VIVENCIAL

Voltar para a lista de iniciativas FAROL AGROECOLÓGICO “LA ARBOLEDA”: ESPAÇO EDUCATIVO VIVENCIAL
  • Categorias: Inovação e organização socialInovação e organização social,Inovacción y organización social,Produção Biodiversa,Producción Biodiversa
  • Tipo: Experiências Sistematizadas
  • Região: Gran Chaco Americano
  • Idiomas: Português
  • Identidade: Juventude
  • Resumo: O Farol Agroecológico “La Arboleda” é uma iniciativa familiar de promoção e educação agroecológica que está situada na área rural do município de Villa Dos Trece, na província de Formosa (Argentina). Essa experiência foi desenvolvida em duas fases: a primeira fase entre 1994 e 2003, quando a família Gauliski abandonou as práticas agronômicas dominantes para implementar uma abordagem ambientalmente sustentável e agroecológica em sua propriedade de 48 hectares. Essa mudança ocorreu após uma estadia de aprendizagem vivencial para a transição agroecológica do agricultor Miguel Gauliski no Centro de Educação e Tecnologia de Bio (CET-Chile). Na segunda fase, entre os anos de 2004 e os dias atuais, a fazenda foi transformada em "farol"; sua gestão produtiva passou a ser agroecológica e foi dotada da infraestrutura necessária para receber e acomodar visitantes para que pudessem vivenciar as características da produção agroecológica, por meio de diversas atividades de formação vivencial e com uma metodologia "camponês a camponês". Para essa sistematização, a metodologia qualitativa envolveu a utilização de bibliografia especializada, a análise de documentos, matérias jornalísticas e entrevistas sobre a experiência. Este estudo permite reconstruir as principais aprendizagens e contribuições da iniciativa Farol Agroecológico “La Arboleda” como unidade de experimentação e demonstração de tecnologias e princípios agroecológicos, que, como um farol, “projeta” feixes de luz que orientam os(as) agricultores(as) familiares, médios(as) e grandes produtores(as) e técnicos(as) agrícolas para sistemas alimentares mais sustentáveis e resilientes ao clima, na região semiárida do Chaco da Argentina.
  • PDF: Download